Saúde Oral ao Longo da Vida


Na gravidez
A grávida, ao cuidar da sua saúde oral, está a promover a saúde do seu filho.Uma gravidez programada deverá contemplar os tratamentos dentários da futura mãe.

Até aos 3 anos
A higiene oral inicia-se com a erupção do primeiro dente. A higiene oral é feita com uma gaze, dedeira ou escova macia. Os pais devem utilizar a própria saliva da criança para higienizar a boca da criança ou algum produto com fluor orientado pelo seu dentista.

Dos 3 aos 6 anos
A criança deve fazer a escovagem dos dentes, com supervisão, pelo menos duas vezes por dia sendo uma delas obrigatoriamente antes de deitar. A escova deve ser macia e ter o tamanho adequado a boca da criança. A porção de pasta denal infantil colocada na escova, é idêntica ao tamanho da unha do 5º dedo (mindinho) da criança.

Mais de 6 anos
A escovagem dos dentes deve ser efetuada pelo menos duas vezes por dia, sendo uma delas obrigatoriamente antes de deitar. A escova deve ser macia ou média, de tamanho adequado à boca da criança. A quantidade de creme dental é de aproximadamente 1 cm.

Na adolescência
A higiene oral faz parte da construção e do reforço positivo da auto-imagem. As expectativas dos jovens acerca dos lábios, da boca e dos dentes, nos planos estético e relacional, são de valorizar.

Promoção da Saúde Oral em ambiente escolar
A escola é uma oportunidade única de promoção a saúde oral. Nela as crianças costumam a aceitar melhor a ideia de escovar os dentes, pois, todos os coleguinhas estão escovando e a criança gosta de imitar o grupo. É função do professor estimular a saúde oral. Não só estimulando a escovação, mas também incentivar os pais a levarem lanches saudáveis para a escola com pouco açucar como frutas, pães integrais, etc.

No jardim-de-infância
Integrar a educação para a saúde e a higiene oral no Projecto Educativo do estabelecimento de educação. Efetuar pelo menos uma escovagem dos dentes no Jardim-de-infância

Na escola do 1º, 2º, 3º ciclo
Fazer coincidir as mensagens de promoção da saúde com as práticas da escola.Efetuar um bochecho quinzenal com uma solução de fluoreto de sódio a 0,2%. Efetuar uma escovagem dos dentes na escola e monitorizar a sua execução e efetividade.

Prevenção das Doenças Orais em Crianças e jovens de alto risco à carie
Suplemento de fluoreto de sódio (depois dos 3 anos de idade).Verniz de flúor ou de clorohexidina. A avaliação do risco individual deve ser feita por médico ou dentista.
Postar um comentário