Dermatite Atópica

DERMATITE ATOPICA.

DEFINIÇÃO:
    Dermatose eczematosa, recorrente, frequentemente associada a historia pessoal ou familiar de atopia (bronquite asmatica, rinite alérgica).

ETIOLOGIA: 
    O quadro é multifatorial, havendo correlação a fatores genéticos, fisiológicos (alteração da função da pele com diminuição do manto lipidico) e imunologicos (a imunidade humoral apresenta-se alterada em função do aumento da IgE observado na maioria dos pacientes).

QUADRO CLINICO:
    A dermatite atopica inicia-se geralmente no terceiro mes de vida. O sistoma sempre presente no quadro é o prurido, bastante intenso e que evolui em surtos de atividade e de acalmia. 
    Ela é divida em 3 fases:
    Fase infantil (terceiro mês a 2 anos de idade): lesões eczematosas localizadas na região zigomática (face) e superficies extensoras dos braços e pernas. O quadro é semp´re acompanhado de intenso prurido).
Dermatite atópica bebê
    Fase pré puberal (dois anos a 12 anos de idade): lesões caracterizadas por placas eritemato-papulosas e liquenificadas, localizadas preferencialmente nos cavos ante-cubitais (braços) e ante-popliteos (joelhos).
Dermatite atópica flexura
    Fase adulta: geralmente nesta fase o quadro é constituido por placas liquenificadas e pruriginosas disseminadas por todo o corpo.
    O pacientes com dermatite atopica apresentam sinais de ressecamento da pele, ceratose pilar, hipersensibilidade palmar, dupla prega infrapalpebral (sinal de Dennie-Morgan), rarefação das sobrancelhas na sua porção distal (sinal de Hertogue).

EVOLUÇÃO:
    Crônica, com frequentes episódios de recidivas.

EXAMES COMPLEMENTARES:
   Geralmente não são necessários, já que o diagnóstico é clinico.

DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL:
    Dermatite seborreica e dermatite de contato.

TRATAMENTO:
    Orientações: evitar banhos prolongados e muito quentes, evitar uso excessivo de sabonetes, procurando sempre usar roupas leves e evitar transpiração.
    Anti-histaminico oral: prescrito pelo médico para o prurido.
    Umectação da pele: são prescritos cremes emolientes e hidratantes.
    Inflamação: corticosesteroides tópicos de baixa potência, corticoides sistêmicos (medicação de excessão).

  
  
    
  



Postar um comentário